Câncer de Próstata

câncer de próstata

O câncer de próstata permanece como uma importante causa de morbidade e mortalidade no mundo. É o tipo de câncer mais comum no homem e o segundo em mortalidade. Sabe-se que quanto mais precoce o seu diagnóstico, maior a chance de cura da doença.

Seu rastreamento é feito através de exame de sangue (PSA) e do toque retal, e deve ser feito a partir dos 45 anos por todos os homens e a partir dos 40 anos para aqueles da raça negra ou que têm história de câncer da próstata na família.

Quando há alguma alteração no rastreamento, é necessária a realização de biópsia da próstata. Se o diagnóstico de câncer for confirmado pela biópsia, deve-se definir qual tratamento será instituído, o que dependerá do estágio da doença e das particularidades de cada paciente.

 

Câncer de próstata 1024x1024 - Câncer de Próstata

 

O câncer de próstata se localiza, na maioria das vezes na porção periférica da próstata, ao contrário da hiperplasia benigna que se localiza na porção central, perto da uretra. Por isso que o câncer de próstata geralmente só provoca sintomas de obstrução urinária em estágios mais avançados, e por se localizar na periferia, pode ser facilmente descoberto em um exame de toque retal.prostata 300x156 300x156 - Câncer de Próstata

 

Após estabelecido o diagnóstico e o estadiamento (avaliação da extensão da doença) deve-se definir o melhor tratamento para cada caso. O tratamento com radioterapia ou cirurgia cura ou controla a maioria dos tumores localizados. Tais modalidades terapêuticas apresentam riscos de efeitos adversos, principalmente nas funções sexual e urinária, contudo com o aperfeiçoamento de novas técnicas cirúrgicas a incidência de impotência sexual e incontinência urinária reduziram bastante.

O regime de observação vigiada (sem tratamento imediato) é uma alternativa em casos selecionados.

Medicações para bloqueio hormonal da testosterona ou outras medicações e quimioterápicos podem ser alternativas de acordo com a extensão e as características da doença.

 

Fonte: Adaptada da Sociedade Brasileira de Urologia, http://sbu-sp.org.br/publico/doencas/cancer-de-prostata-3/