Rinite Alérgica

rinite alérgica otorrino

O que é a rinite alérgica?

Rinite alérgica é a inflamação do nariz mediada por anticorpos específicos, caracterizada por crises de espirros, coriza clara abundante, obstrução nasal e coceira nasal intensa. Ela pode ser desencadeada ou agravada principalmente pela exposição a alérgenos do ar, como ácaros, fungos, pólen, dentre outros.

Quais as medidas necessárias para controle dos sintomas?

Evitar estes alérgenos, incluindo ácaros domiciliares, deve fazer parte de uma estratégia de cuidados ambientais. Estas medidas buscam evitar a sensibilização do paciente alérgico exposto e beneficiar no controle da doença:

  • O quarto de dormir deve ser preferencialmente bem ventilado e ensolarado;
  • Evitar travesseiro e colchão de pena, preferindo os de espuma, fibra ou látex, sempre que possível envoltos em material plástico (vinil) ou em capas impermeáveis aos ácaros. Recomenda-se limpar o estrado da cama duas vezes por mês;
  • Evitar tapetes, carpetes, cortinas e almofadões. Dar preferência a pisos laváveis (cerâmica, vinil e madeira) e cortinas do tipo persianas ou de material que possa ser limpo com pano úmido. Camas e berços não devem ser justapostos à parede.;
  • Evitar bichos de pelúcia, estantes de livros, revistas, caixas de papelão ou qualquer outra local onde possam ser formadas colônias de ácaros no quarto de dormir;
  • Combater o mofo e a umidade, principalmente no quarto de dormir, reduzindo a umidade. Verifique periodicamente as áreas úmidas de sua casa, como banheiro (cortinas plásticas do chuveiro, embaixo das pias, etc);
  • Evitar o uso de vassouras, espanadores e aspiradores de pó comuns. Passar pano úmido diariamente na casa ou usar aspiradores de pó com filtros especiais 2x/semana. Afastar o paciente alérgico do ambiente enquanto se faz a limpeza;
  • Evitar animais de pelo e pena, especialmente no quarto e na cama do paciente. De preferência, animais de estimação para crianças alérgicas são peixes e tartarugas;
  • Evitar inseticidas e produtos de limpeza com forte odor, mas exterminar baratas e roedores pode ser necessário;
  • Manter alimentos fechados e acondicionados e não armazenar lixo dentro de casa;
  • Dar preferência às pastas e sabões em pó para limpeza de banheiro e cozinha. Evitar talcos, perfumes, desodorantes, principalmente na forma de sprays;
  • Não fumar e nem deixar que fumem dentro da casa e do automóvel;
  • Roupas de cama e cobertores devem ser lavadas e secadas ao sol ou ar quente antes do uso;
  • Evitar banhos extremamente quentes. A temperatura ideal da água é a temperatura corporal;
  • Dar preferência à vida ao ar livre. Esportes podem e devem ser praticados, evitando-se dias com alta exposição aos polens ou poluentes em determinadas áreas geográficas.

Qual o tratamento?

A rinite, quando adequadamente diagnosticada e tratada, identificando a sua gravidade e doenças associadas, tem um ótimo prognóstico! Seu tratamento é baseado nessas mudanças do ambiente e por acompanhamento com um médico otorrinolaringologista.

 

Fonte: Consenso de Rinites 2012 – Adaptado por Dra. Michelle Brasil, otorrinolaringologista, CRM 25.013